“Coleção Primavera – Verão: 10 artistas plásticos & 10 lojas com história”, BAP na Livraria Ferin

fot. João Pacheco

 

“Coleção Primavera – Verão: 10 artistas plásticos & 10 lojas com história”

 

desenhos de BAP: Nas montras da Livraria Ferin há uma manifestação de livros, há pássaros a voar em livros proibidos e cães a correr à solta, livres.

Liberdade, 2021
– 47 “capas” de livros, guache s/papel impresso
– 47 livros proibidos ou de autores proibidos durante a ditadura* abertos e com desenho nessas duas páginas, tinta-da-china, aguarela e guache
– liberdade I e II, 71x129cm, tinta de água s/lona

Quando me convidaram deram-me a data, Abril, e o tema “Liberdade” e foi um instantâneo 1+1=25 de Abril de 1974.
Escolhi uma livraria porque para mim era uma adequação óbvia ao tema e porque gosto muito de livrarias e tenho muita pena quando fecham.
O que fiz foram também coisas óbvias e literais como muitas das que faço, hélas! : uma manifestação (?) de 47 livros a partir de fotografias do dia e também do 1º de Maio do mesmo ano (mais umas liberdades que tomei em jeito de piscadela de olho aos meninos ali da escola onde anda uma sobrinha minha); uns cães a correr à solta, livres; e uns pássaros a voar desenhados em 47 livros proibidos ou de autores proibidos durante a ditadura. Para estes tenho a agradecer aos livreiros das livrarias Ler, Poesia Incompleta e Ferin que me ajudaram na selecção.
Aproveito para agradecer também o convite da EGEAC e dizer que acho a ideia de fazer exposições nas montras das “lojas com história” muito gira.
BAP, 4.2021

 

*

1- “Spartakus” Howard Fast
2- “O judeu” Bernardo Santareno
3- “Novas cartas portuguesas” Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa
4- “Madame Bovary” Flaubert
5- “Porque não sou cristão” Bertrand Russell
6- “O amante de Lady Chatterley” DHLawrence
7- “As mãos sujas” Sartre
8- “Os irmãos Karamazov” Dostoievski
9- “Pele negra, máscaras brancas” Franz Fanon
10- “Bichos” Miguel Torga
11- “O Anticristo” Nietzsche
12- “Luuanda” José Luandino Vieira
13- “História Universal da Pulhice Humana” Vilhena
14- “Dicionário cómico” Vilhena
15- “Na cova dos leões” Tomás da Fonseca
16- “O Capital” Karl Marx
17- “Antologia poética” Natália Correia
18- “Antologia de poesia erótica” Bocage
19- “O banqueiro anarquista” Fernando Pessoa
20- “O canto e as armas” Manuel Alegre
21- “Quadras populares” Zeca Afonso
22- “Manual de prestidigitação” Mário Cesariny
23- “33 poesias” Vladimir Maiakovski
24- “Os paraísos artificiais” Baudelaire
25- “Nobilíssima visão” Mário Cesariny
26- “Terceira residência” Pablo Neruda
27- “Bestiario” Pablo Neruda
28- “Livro das perguntas” Pablo Neruda
29- “Poemas” Reinaldo Ferreira
30- “Sagrada esperança” Agostinho Neto
31- “Apresentação do rosto” Herberto Helder
32- “Praça da canção” Manuel Alegre
33- “O sexo de Ler Bilitis” Pierre Louys
34- “Antologias de poesia da Casa dos Estudantes do Império 1951-1963″ Angola, S.Tomé e Príncipe, I vol.
35-         ”                       ”                 ”                      ”                      ”             ”        ”      Moçambique, II vol.
36- “Poesia” António Botto
37- “Os subterrâneos da liberdade – Os ásperos tempos” vol.I Jorge Amado
38- “Papéis da prisão” José Luandino Vieira
39- “Podem chamar-me Eurídice” Orlando Costa
40- “A Guidinha antes e depois” Luís de Sttau Monteiro
41- “A náusea” Sartre
42- “Antologia poética” Miguel Torga
43- “Duas peças em um acto: A guerra santa; A estátua” Luís de Sttau Monteiro
44- “O virgem negra: Fernando Pessoa explicado às criancinhas naturais e estrangeiras” Mário Cesariny de Vasconcellos
45- “Viagem à União Soviética e outras páginas” Urbano Tavares Rodrigues
46- “A samarra” Urbano Tavares Rodrigues
47- “Um bravo, o Visconde de Signoles” Guy de Maupassant